19 de novembro 2018 das 09h45 – 12h30

Tema“Alimentar (bem) a comunidade – A alimentação como Direito Humano e os desafios do consumo sustentável”

Entidade Promotora: Rede Europeia Anti-Pobreza – Núcleo Distrital em parceria com a ACTUAR – Associação para a Cooperação e o Desenvolvimento e ReAlimentar – Rede Portuguesa pela Soberania e Segurança Alimentar e Nutricional

Local: Instituto Português do Desporto e Juventude, IP, em Aveiro – Rua das Pombas, 3810-052 Aveiro

Programa:

Conversa aberta no âmbito do Direito Humano à Alimentação e Nutrição Adequadas, em particular, sobre os desafios e dificuldades que hoje se colocam ao consumo alimentar, individual e colectivo, e à produção local. Pretende-se que a reflexão e discussão possam desvendar possibilidades para um consumo alimentar local mais consciente e sustentável, em ligação com o apoio à produção local, visando uma alimentação mais sustentável e justa, tanto na perspectiva do/as cidadão/ãs como das organizações sociais que confeccionam refeições para a comunidade. A presença de duas redes nacionais visa gerar espaços de construção de sinergias locais em prol da mobilização da sociedade civil pelo Direito Humano à Alimentação.

Oradores:

  • Sara Rocha  | ACTUAR  – Associação para a Cooperação e o Desenvolvimento: contextualização da temática e facilitação do debate.
  • Agricultor local | Produção sustentável de alimentos saudáveis e justos.
  • Anaís Creoulo | Aveiro em Transição: O consumo consciente.
  • Sérgio Pedro  | Realimentar – Rede Portuguesa pela Soberania e Segurança Alimentar: a mobilização da sociedade civil para a Soberania e Segurança Alimentar e Nutricional.
  • Apresentação número da publicação do Observatório do Direito à Alimentação e à Nutrição de 2018 – “Financeirização e desmaterialização dos Alimentos”